Sobre o NTM


             HISTÓRICO DO NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL MUNICIPAL

          A ideia da criação de um núcleo de tecnologia municipal para atender às escolas municipais surgiu em 2008, com a adesão ao ProInfo - Programa Nacional de Tecnologia Educacional. Além de computadores, retroprojetor multimídia e outras tecnologias, o programa disponibiliza cursos de formação para os professores e conteúdos digitais, que possibilitam a dinamização das aulas, motivando os alunos na construção de sua aprendizagem e para o exercício da cidadania.
Em 2009, foi implantado o Departamento de Tecnologias Educacionais na Gerência Executiva Municipal da Educação (GEED), hoje denominada Secretaria Municipal de Educação (SME),  com o objetivo de promover o uso pedagógico das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) na rede pública da educação básica. Inicialmente, capacitamos 90 educadores com o curso Introdução à Educação Digital, em uma parceria com o NTE - Núcleo de Tecnologia Educacional.
No ano de 2010, o Departamento de Tecnologias Educacionais implantou a capacitação em informática educativa, contemplando diversos profissionais da rede municipal: diretores, supervisores, professores, técnicos administrativos e secretários. Esta formação, realizada nos laboratórios de informática das escolas municipais Rotary, Raimundo Fernandes e Joaquim da Silveira Borges, teve como resultado a capacitação de 326 profissionais da educação.  Além disso, foi ofertado, em parceria com o MEC, o curso Aluno Integrado “Qualificação em Tecnologia Digital” para 60 alunos de 13 a 14 anos da Rede Municipal de Mossoró e municípios vizinhos.
Em 2011, é criado o NTM - Núcleo de Tecnologia Educacional Municipal, homologado pela DITEC/SEED/MEC e reconhecido pelo MEC/PROINFO. Ainda em fase de implantação, o NTM ficou aguardando os equipamentos do MEC/PROINFO e a reestruturação física do espaço onde viria a funcionar o Núcleo, a E. M. Joaquim da Silveira Borges, para a efetivação do NTM.
Em 2012, devido a uma reforma no prédio Joaquim da Silveira Borges, o NTM funcionou na E. M. Raimundo Fernandes, dividindo o laboratório de informática com a escola, tendo como consequência uma significativa redução de turmas. No final do primeiro semestre, o NTM voltou a funcionar no prédio Joaquim da Silveira Borges, agora com um espaço próprio, adequado ao atendimento dos educadores e educandos da rede municipal.
O NTM conta, atualmente, com uma equipe de profissionais altamente capacitada e competente (coordenador, formadores, técnico e auxiliar de serviços gerais), para atender à demanda de formação no uso pedagógico das tecnologias e manter o núcleo em perfeito funcionamento. Tendo a formação dos profissionais da educação como compromisso assumido pelo município de Mossoró, por meio da Secretaria da Educação e Desporto e do Departamento de Tecnologias Educacionais, o NTM conseguiu capacitar, através dos cursos do Proinfo Integrado (Introdução à Educação Digital, Tecnologias na Educação: ensinando e aprendendo com as TICs e Elaboração de Projeto) e outros criados pelo NTM, desde sua criação, 1.196 educadores e servidores da rede municipal.
O NTM também desenvolve, desde 2011, o projeto Aluno-monitor: protagonismo e tecnologia, cujo público-alvo são alunos das séries finais do Ensino Fundamental, objetivando formar monitores, para auxiliar os professores nas atividades pedagógicas realizadas com o uso das tecnologias, sendo agentes facilitadores e orientadores.
            No 2º semestre de 2012, a Empresa Multimídia Informática, São Paulo/SP, convidou o município para participar do projeto Informática da Comunidade, um projeto sem fins lucrativos. Aceitando a parceria, a Prefeitura de Mossoró recebeu toda a estrutura virtual e digitalizada da formação e capacitação técnica e profissionalizante na área da informática, que, por sob a responsabilidade do NTM, organizou e ofertou diversos cursos da grade do projeto Informática da Comunidade a alunos, professores, pais e técnicos administrativos da educação. Em 2013 e 2014, a parceria foi renovada, dando continuidade à oferta de capacitações dos cursos do projeto, com benefícios para a comunidade escolar da rede municipal. Para 2015, o projeto Informática da Comunidade já reiterou o acordo, ampliando, inclusive, a oferta de cursos que o NTM irá oferecer.
Atualmente, o NTM conta com a seguinte estrutura física e recursos tecnológicos:
  ü  Laboratório 01 – Nele se encontram 19 estações no sistema Multiterminal Pregão FNDE 71/2010 com acesso à rede wireless;
ü  Laboratório 02 – Espaço aguardando a instalação de bancadas e rede elétrica. Nele se encontram 05 estações no sistema Multiterminal Rural Pregão FNDE 68/2009 com sistema operacional Linux Educacional e 03 computadores do Pregão 45/2007, com acesso à rede wireless, doados pela E. M. Joaquim da Silveira Borges, desativada em 2011; 
ü  Sala técnica;
ü  Sala administrativa e pedagógica.
ü  01 projetor integrado;
ü  01 projetor multimídia;
ü  01 notebook;
ü  01 filmadora digital;
ü  03 impressoras;
ü  05 tablets (com defeito);
ü  27 computadores;
ü  Internet wireless (1 MB);
ü  1 caixa de som.

A distribuição dos laboratórios de informática através do ProInfo/MEC nas escolas municipais tem aumentado significativamente, sendo que, atualmente, a rede municipal conta com um número expressivo de escolas que possuem laboratórios de informática: 94% na zona urbana e 96% na zona rural. Com relação a acesso à internet, 100% das escolas da zona urbana e 51% das escolas da zona rural estão conectadas à rede virtual. Estes dados só vêm ratificar a importância e a necessidade de funcionamento do Núcleo de Tecnologia Educacional Municipal em Mossoró. 
A Secretaria Municipal da Educação de Mossoró tem oferecido amplo suporte ao NTM, tanto com recursos humanos, coordenador, formadores, técnico e auxiliar de serviços gerais, como contribuindo com a doação de material de expediente e reposição de peças e equipamentos para os computadores usados nas formações do NTM e, até mesmo, para o reparo técnico realizado nas escolas. O Departamento pedagógico da Secretaria Municipal da Educação acompanha o processo e desenvolvimento do trabalho de formação desenvolvido pela equipe do NTM, analisando os resultados dele decorrente nas escolas, por meio dos seus índices de avaliação.